Preguntas Frecuentes Preguntas Frecuentes
Preguntas
Frecuentes

Verbos irregulares como SENTIR & verbos pronominais

O verbo SENTIR faz parte de um grupo de verbos irregulares que inclui o verbo PREFERIR, cuja conjugação já aprendemos no nível 3.

Este grupo de verbo tem uma irregularidade em comum: todos os verbos mudam a sua última letra E por I, na primeira pessoa do presente do indicativo: Eu prefiro, eu sinto, eu visto…

Fazem parte deste grupo os verbos:

  • Sentir
  • Preferir
  • Ferir
  • Vestir
  • Servir
  • Repetir
  • Divertir
  • Mentir
  • Seguir
  • Referir
  • Conferir
  • Inserir
  • Sugerir
  • Digerir
  • Competir

Verbos Pronominais

Muitos do grupo acima são verbos pronominais, ou seja, eles utilizam o pronome oblíquo para fazer com que a ação volte ao sujeito (ou aos sujeitos).

Por exemplo: “Eu me visto” = a ação do verbo VESTIR volta para o sujeito EU.

Estes pronomes variam de acordo com a pessoa:

  • Eu me visto
  • Ele se veste
  • Nós nos vestimos
  • Eles se vestem

Existem dois tipos de verbos pronominais: ESSENCIAIS e EVENTUAIS.

Verbos pronominais essenciais

São aqueles que precisam ser sempre conjugados com seu respectivo pronome oblíquo. Por exemplo:

  • 🔹Queixar-se
  • 🔹Arrepender-se
  • 🔹Suicidar-se
  • 🔹Zangar-se

Observe que você não pode queixar “alguém” ou arrepender “alguém”… Cada pessoa “se queixa” ou “se arrepende”. Usando sempre os pronomes oblíquos.

Verbos pronominais acidentais

Eles podem ou não ser conjugados com pronome oblíquo. Alguns exemplos:

  • 🔸Lembrar-se
  • 🔸Esquecer-se
  • 🔸Enganar-se
  • 🔸Pentear-se
  • 🔸Debater-se

Podemos “nos pentear”, mas também podemos “pentear alguém”.

Eu me penteio de manhã.

A mãe penteia a filha.

⚠️ Cuidado: o uso de pronomes oblíquos pode mudar a regência do verbo, ou seja, eles podem pedir preposição. Isso acontece com os verbos lembrar e esquecer:

Eu lembro o seu nome.

Eu me lembro do seu nome.

Observe que ao usar o pronome oblíquo, o verbo LEMBRAR acaba exigindo o uso da preposição DE.

⚠️ E também pode mudar o significado do verbo em alguns casos, como com o verbo DEBATER:

Ela se debateu para fugir do ladrão.

Bolsonaro não debateu nenhum assunto antes de ser eleito, porque literalmente fugiu de qualquer debate…

E outra polêmica: o verbo ENGANAR. Enganar pode significar ‘mentir’, mas também pode significar ‘equivocar-se’:

Se não me engano, ele ainda mora aqui.

Mas normalmente não é usado para traição, nesse caso se usaria o verbo ‘trair’.

Tiquismos

Essa palavra não existe, mas aqui usamos carinhosamente para nos referir a expressões “ticas” que os costarriquenhos tentam usar em português, mas não funciona 😅

Especificamente em relação aos verbos pronominais… Alguns verbos simplesmente nunca são pronominais. Aqui, compilamos algumas expressões:

  • ❌Eu me comi um lanche.
  • ✅Eu comi um lanche.
  • ❌Eu me tomei uma cerveja.
  • Eu tomei uma cerveja.
  • ❌Eu me comprei um computador.*
  • ✅Eu comprei um computador.
  • ❌Eu me quebrei o braço.
  • ✅Eu quebrei o braço.
  • ❌Eu me caí da escada.
  • ✅Eu caí da escada.
  • ❌Ela se morreu.
  • ✅Ela morreu.

*Eu poderia dizer: Eu me comprei algo, mas é em um tom de brincadeira, menos comum. Apesar de correto, eu recomendaria simplesmente dizer que “Eu comprei algo”.

Lección Content